BSOP Brasília: jogando em casa, Marcelo Horta é o novo campeão do circuito

Com um field gigantesco de 1.136 entradas, o BSOP Brasília contou com a presença de muitos veteranos no circuito e também de muitos jogadores locais. Marcelo Horta, o mais novo campeão do circuito, faz parte dos dois grupos!

BSOP Bsb-Marcelo Horta Celebration-Monti-6223.jpg"Eu jogo BSOP desde 2008, já fiz duas mesas finais no circuito, em São Paulo (2008) e Porto Alegre (2010). É uma emoção indescritível", disse Marcelo. "Sempre foi um sonho para mim, passei perto algumas vezes, e hoje deu tudo certo, acabei ficando com o título".

Mas qual será a emoção maior? Ganhar uma etapa da Brazilian Series Of Poker ou o cobiçado Platinum Pass? "Eu nunca tinha ganhado um torneio ao vivo, esse é meu primeiro. É uma emoção muito grande, ainda mais ganhando aqui em casa. Ganhar torneio é algo muito marcante".

E para lembrar sempre desse momento, ele vai ter o troféu e bracelete de campeão BSOP, além de receber o cheque de R$ 293.140,00 e o seu Platinum Pass.

Veja abaixo um resumo do Dia 4 no evento principal do BSOP Brasília.

BSOP Bsb-Alisson Piekazewicz-Monti-5853.jpgAlisson Piekazewicz

A primeira eliminação acabou tirando o aniversariante do dia da disputa. Com o menor stack entre os finalistas, Alisson Piekazewicz anunciou all-in de 820.000 fichas, em posição intermediária. E recebeu call de Augusto Pacheco que estava no small blind com A♦J♦. Alisson tinha K♠T♥ e continuou atrás com o flop Q♦9♦2♥. O K♣ no turn colocou o curitibano a frente, mas o T♦ no river foi cruel. Alisson fez dois pares mas acabou eliminado na oitava colocação pelo flush de Augusto.

BSOP Bsb-Bruno Marino-Monti-5837.jpgBruno Marino

Na sequência, foi a vez de Bruno Marino deixar o torneio. Felipe Morais abriu raise no UTG+1, para 225.000 fichas. No small blind, o paulista foi all-in com 1.350.000 fichas, pouco mais de 13 big blinds. E recebeu call do paraibano, que logo mostrou 6♦6♣. Bruno tinha um coin flip pela frente, com Q♠J♦ na mão. A mesa veio com K♥7♣K♦A♠3♥ e Felipe levou o pote com dois pares. Já Bruno Marino deixou a disputa na sétima colocação, recebendo quase sessenta mil reais.

BSOP Bsb-Augusto Pacheco-5761.jpgAugusto Pacheco

A eliminação de Augusto Pacheco teve um hero call de Marcelo Horta, que deixou o salão de boca aberta... Marcelo abriu raise no hijack para 215.000 fichas, e recebeu call de Saulo Sabioni e Augusto Pacheco nos blinds. O flop veio com T♥8♠7♠ e os três deram check. No turn, o 5♦. Saulo pediu mesa, Augusto apostou 315.000 fichas e só foi pago por Marcelo. No river, o T♠. Augusto foi all-in com 1.435.000 fichas (14 big blinds) e depois de pensar por muito tempo, Marcelo deu call, mostrando 7♥6♥. Augusto tinha A♥3♦ e acabou eliminado da mesa final na sexta colocação.

BSOP Bsb-Saulo Sabioni-Monti-5838.jpgSaulo Sabioni

Saulo Sabioni, campeão do BSOP Millions 2017, era é o único jogador entre os finalistas com chance de conquistar o inédito bicampeonato do circuito. Mas o sonho começou a acabar quando Marcelo Horta abriu raise para 320.000 fichas. No small blind Paulo Tarso fez o 3-bet para 925.000 fichas. Saulo estava no big blind e pensou bastante para anunciar all-in de 3.515.000 fichas. Ele recebeu call de Paulo, que mostrou K♥K♦. Saulo tinha que buscar três outs, com A♠Q♥ na mão. Mas eles não vieram, com a mesa mostrando J♣7♣3♦T♣3♥. Saulo Sabioni foi o quinto colocado, mostrando que vive grande fase nas mesas.

BSOP Bsb-Felipe Morais-Monti-6140.jpgFelipe Morais

Começando o dia com o maior stack entre os finalistas, Felipe Morais acabou caindo mais cedo que esperava... No UTG, Marcelo Horta abriu raise para 525.000 fichas, com os blinds em 120.000 / 240.000 fichas. No botão, o paraibano foi all-in com 3.390.000 fichas e viu Paulo Gini anunciar all-in com mais fichas no big blind. Marcelo saiu da confusão e as cartas foram reveladas, com 5♥5♣ para Felipe e A♣K♠ para Gini. A vantagem do paraibano foi revertida logo no flop, que mostrou T♣K♦4♠. O 8♠ no turn e o 9♣ no river sacramentaram sua eliminação na quarta colocação.

BSOP Bsb-Paulo Gini-Monti-6165.jpgPaulo Gini

O paulista Paulo Gini chegou bem perto do Platinum Pass mais uma vez... Depois de ter disputado o torneio Top do Brasil, ele acabou eliminado com um troféu no Main Event. E sua queda veio em uma mão contra o campeão Marcelo Horta. No botão, Gini abriu raise de 1.200.000 fichas e recebeu call de Horta no small blind. O flop veio com T♠J♥K♦, e o brasiliense apostou 1.200.000. O paulista respondeu com o all-in e recebeu call de Marcelo, que tinha quase oito milhões em fichas, um stack um pouco menor que o de Gini.

Paulo Gini tinha Q♦9♦ e estava com a sequência. Marcelo Horta tinha dois pares, com K♣J♦. Mas acabou fazendo um full house com o K♥ que veio de forma dramática no river. Paulo Gini ficou com 2.200.000 fichas, pouco mais de cinco big blinds. E acabou eliminado na mão seguinte, na terceira colocação.

BSOP Bsb-Paulo Tarso-Monti-6138.jpgPaulo Tarso

O heads-up foi rápido. Depois de eliminar Paulo Gini em uma mão decisiva para sua história na disputa, Marcelo Horta ganhou confiança em seu jogo. E acabou eliminando Paulo Tarso quando deu raise no botão para 1.100.000 fichas e recebeu call do carioca. O flop veio com A♠J♥K♠, e Paulo pediu mesa. Marcelo apostou 700.000 fichas e foi pago. No turn, o K♦. Paulo pediu mesa outra vez e Marcelo apostou novamente, dessa vez colocando 1.600.000 fichas no meio da mesa. Outro call e o river foi o 9♦. Paulo pediu check e Marcelo anunciou all-in, colocando todas as fichas em risco. E paulo pagou, com 9.340.000 fichas.

Paulo tinha A♣6♥ e acabou eliminado pelo Q♦T♦ de Marcelo Horta, deixando a disputa na segunda colocação, com uma bela premiação depois do acordo entre os três finalistas.

BSOP Bsb-Finalists-Monti-6009.jpgEm pé: Saulo Sabioni, Paulo Tarso, Alisson Piekazewicz e Felipe Morais
Sentados: Augusto Pacheco, Bruno Marino, Paulo Gini e Marcelo Horta

Veja abaixo a classificação final do BSOP Brasília 2018:

BSOP Brasília - Evento #06 (R$ 2.600 NLH Main Event)
Jogadores: 1.136
Premiação Total: R$ 2.416.270,00
Jogadores Premiados: 167

1. Marcelo Horta (Brasília / DF) - R$ 293.140,00*
2. Paulo Tarso (Rio de Janeiro / RJ) - R$ 302.000,00*
3. Paulo Gini (São Paulo / SP) - R$ 279.500,00*
4. Felipe Morais (Santa Luzia / PB) - R$ 136.750,00
5. Saulo Sabioni (Campo Grande / MS) - R$ 104.140,00
6. Augusto Pacheco (Brasília / DF) - R$ 76.600,00
7. Bruno Marino (São Paulo / SP) - R$ 58.100,00
8. Alisson Piekazewicz (Curitiba / PR) - R$ 41.490,00

* Reflexo do acordo entre os três finalistas

BSOP Bsb-Marcelo Horta- Platinum Pass-Monti-6280.jpgParabéns para Marcelo Horta, o 104º campeão na história da Brazilian Series Of Poker. E agora, o sétimo brasileiro com participação garantida no gigantesco PokerStars Players Championship nas Bahamas em janeiro de 2019. "Venho obtendo bons resultados no poker ao vivo, então tenho boas expectativas".

A próxima etapa do campeonato brasileiro de poker acontece entre os dias 24 e 29 de maio, no BSOP Natal. E o evento vai distribuir dois Platinum Passes, um para o campeão do Main Event e outro em um torneio especial entre os qualificados online do PokerStars.

A gente se vê em Natal!


Sérgio Prado é o blogger oficial do PokerStars Brasil

Kelvin Kerber foi o "Jogador da Etapa" no BSOP São Paulo, e se tornou o primeiro brasileiro garantido no PokerStars Players Championship:

First Deposit Bonus

Todos os jogadores que fizerem seu primeiro depósito estarão qualificados para o Bônus de Depósito PokerStars de 100% até US$600.

Arquivo